Manifesto pela Mídia Pública e Internet Pública tem versão em Português

Publicado originalmente em Observatório da Comunicação Pública – OBCOMP. Para acessar, clique aqui.

A Associação Brasileira de Comunicação Pública (ABCPública) preparou a versão em português do Manifesto pela Mídia Pública e pela Internet Pública. É um documento em defesa da radiodifusão pública e da criação de uma Internet pública. O material é fruto da tradução da versão preparada por um grupo internacional de pesquisadores com abordagens sobre o cenário atual, em defesa de veículos públicos de comunicação pela criação de uma Internet pública frente aos riscos que a democracia enfrenta na atualidade em diferentes aspectos.

Clicando aqui é possível assinar o manifesto.

Veja o texto oficial e a lista de apoiadores que já assinaram o manifesto.

Aqui está disponível a versão do manifesto em português.

O manifesto possui 10 princípios e 4 mensagens chave pela defesa da democracia e a democracia digital a partir dos veículos de comunicação. “Uma Internet que fortaleça a democracia requer a transformação veículos públicos de comunicação em plataformas públicas de Internet, que ajudem a promover oportunidades e igualdade na sociedade. Apelamos pela criação das bases jurídicas, econômicas e organizacionais para tais plataformas”, diz o princípio 2 do manifesto apontando caminhos para a reflexão.

Uma das propostas do manifesto é a renovação da mídia pública que compreenda os desafios da atualidade que afetam a sociedade offline e online. “O simples deslocamento dos veículos públicos de comunicação para as plataformas operadas e controladas pelos gigantes digitais comerciais não é uma opção suficiente. O estabelecimento de um canal público no YouTube ou Facebook reforça a centralidade cultural das grandes empresas digitais e não oferece alternativa aos seus procedimentos e modelos de negócios. A comunicação pública requer um serviço público de Internet”, reforça o manifesto.

A proposta do manifesto é bastante simples: “uma internet do público, pelo público e para o público”. Esta internet atuaria para promover e não ameaçar a democracia. Mais de 600 pesquisadores do Brasil e do mundo já assinaram o manifesto que está disponível para receber mais assinaturas. O manifesto está aberto para sugestões e aperfeiçoamentos da tradução elaborada pela ABCPública. As propostas devem ser enviadas para contato@abcpublica.org.br

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Share on linkedin
Share on telegram
Share on google

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Language »
Fonte
Contraste