CPI da Covid: Ex-secretário de Saúde do Amazonas repassa dados errados sobre internações por Covid-19

Publicado originalmente em Âncora dos Fatos. Para acessar, clique aqui.

O ex-secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo, prestou depoimento na terça-feira, 15, na CPI da Covid no Senado.
Na ocasião, em resposta aos questionamentos dos senadores, ele explicou sobre a situação da pandemia de Covid-19 no Estado do Amazonas, com inclusive a falta de oxigênio, registrada nos dias 14 e 15 de janeiro de 2021, em Manaus, o que deixou a cidade em um verdadeiro caos em saúde.

Durante uma de suas alegações sobre o número de internamentos no Estado, Campêlo disse que “até o final de dezembro, os números de internações ainda não tinham chegado ao número da primeira onda”.

A informação é

CPI da Covid: Ex-secretário de Saúde do Amazonas repassa dados errados sobre internações por Covid-19

Isso porque no final de dezembro, o Amazonas registrou mais de 100 hospitalizações diárias por Covid-19. No último dia do ano, foram 128 internações – a terceira maior marca da pandemia até então.

Apenas em dois dias de maio de 2020, foi registrado um número maior de hospitalizações. Das 128 internações no dia 31 de dezembro, 124 foram registradas na capital, Manaus. Em nenhum dia de abril ou de maio, quando foi registrada a primeira onda mencionada pelo ex-secretário, houve tantas hospitalizações como nesta data.

Os dados podem ser conferidos no próprio boletim diário de casos de Covid-19 emitido pelo Governo do Amazonas.

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Share on linkedin
Share on telegram
Share on google

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Language »
Fonte
Contraste