Associada da ABPEducom defende mestrado sobre rádio e podcast na educação

Publicado originalmente em ABPEDUCOM. Para acessar, clique aqui.

A sócia da ABPEducom Andréa Pereira concluiu seu mestrado em Comunicação Social pela Universidade Paulista (Unip), em São Paulo (SP). A dissertação intitulada “Rádio e Podcasting na Educomunicação” foi elaborada com base em investigações sobre a inter-relação entre comunicação e educação no âmbito escolar. 

A autora faz um aprofundamento sobre a relevância do rádio e do podcast como meio de educação, informação e entretenimento para a comunidade escolar. Ela comenta: “Desde o início, minha intenção para a pesquisa é compreender a complexidade do papel que a comunicação ocupa na educação, e como as mídias sonoras podem auxiliar este processo”.

 Apresentando dois estudos de caso de projetos educomunicativos realizados em escolas particulares e confessionais do estado de São Paulo, a autora enfatiza: “Com a internet, seu derivado podcast e a, não menos importante, tradicional rádio, ensinar e aprender se tornam muito mais agradáveis e interessantes, tanto para o educador como para o aprendiz”.

Programas de áudio no contexto educomunicativo

Um dos projetos analisados na pesquisa é o Educast Auxiliadora, canal de comunicação educativa-pastoral do Colégio Auxiliadora, em Ribeirão Preto, desenvolvido com alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental junto à equipe de Comunicação e Marketing da escola. O trabalho abrange atividades para aprimoramento das competências de escrita, leitura e oralidade e entendimento da funcionalidade e linguagem dos podcasts. Além do estudo pautado no currículo escolar, o conhecimento cultural e a perspectiva social são fomentados nos programas de áudio.

O outro projeto é a Rádio Carmo, do Instituto Nossa Senhora do Carmo, em Guaratinguetá, que transmite programas e produções da comunidade educativa pastoral. A web rádio educativa, que também possui programas em formato de podcast, conta com a participação de alunos do 6º ao 9º ano que atuam nas etapas de planejamento, gravação, edição e divulgação dos conteúdos pautados numa visão crítica sobre os meios.

A pesquisa mostra que o rádio e o podcast podem dinamizar o processo de ensino e aprendizagem, bem como possibilitar a promoção do protagonismo juvenil e a consciência crítica frente às novas tecnologias e os tradicionais canais da comunicação. A melhora na participação dos alunos em sala de aula, desinibição dos tímidos, maior fluência no vocabulário e desenvolvimento da habilidade de escuta são alguns dos progressos constatados pela autora.

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Share on linkedin
Share on telegram
Share on google

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Language »
Fonte
Contraste