Integrante da União Pró-Vacina será um dos representantes do Brasil na Equipe Halo

Publicado originalmente em Up Vacina por Thaís Cardoso. Para acessar, clique aqui.

União Pró-Vacina (UPVacina) terá um representante na ação global #EquipeHalo (do inglês, #TeamHalo) da Organização das Nações Unidas (ONU). O estudante do curso de Farmácia da USP Ribeirão Preto e membro do grupo de divulgação científica Vidya Academics Wasim Syed é o quinto brasileiro escolhido para integrar a iniciativa.

Na Equipe Halo, cientistas mostram, em redes sociais de grande apelo popular, como o Instagram e o Tik Tok, seu cotidiano na busca por vacinas contra a covid-19 e interagem com o público para esclarecer boatos e informações incorretas. “Halo” significa “auréola” em português e representa o anel da ciência que circunda o globo.

Além de Wasim, participam da ação a diretora do Instituto Questão de Ciência Natália Pasternak, o pesquisador do Instituto de Ciências Biomédicas da USP Gustavo de Miranda, o pesquisador da Universidade Federal do Rio de Janeiro Rômulo Neris e a pesquisadora do Instituto de Medicina Tropical da USP Jaqueline Goes de Jesus.

Para o estudante, integrar essa equipe é uma conquista pessoal e profissional. “Significa que todo o esforço que venho colocando na causa da vacinação, iniciada na União Pró-Vacina, tem realmente uma validade reconhecida por instituições importantes, como a ONU. Contribuir para a Equipe Halo também me conectou às figuras mais próximas do desenvolvimento de vacinas no Brasil e no mundo. É incrível saber que, ainda na graduação, eu posso ter contato bem de perto com todo esse esforço global pelas vacinas contra a covid-19. Para mim, é como pisar na Lua, ter uma parte, mesmo pequena, na história”, afirma ele.

Wasim destaca que essa conquista não é apenas dele, mas de toda a equipe da UPVacina, que vem trabalhando incessantemente contra a desinformação e pela educação científica na área de vacinas. “Integrar esse projeto da ONU é um indicativo de que nosso trabalho tem uma grande importância na história, e que há uma luz no fim do túnel contra o negacionismo científico”.

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Share on linkedin
Share on telegram
Share on google

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Language »
Fonte
Contraste