Pesquisadores da USP sintetizam a caramboxina, substância neurotóxica presente na carambola

Publicado originalmente em instagram de FCFRP-USP. Para acessar na íntegra clique aqui.

Esse composto natural foi sintetizado por pesquisadores do Departamento de Ciências BioMoleculares da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da USP.


O feito de Franco Caires, sob orientação do professor Giuliano Clososki é de grande importância para o entendimento da neurotoxina, seus efeitos e implicações na saúde, principalmente, de indivíduos com disfunção renal. Para saber mais sobre o trabalho dos pesquisadores e suas diversas aplicações confira o post!


Leia também a matéria completa:

Pesquisadores da USP sintetizam a caramboxina, a substância neurotóxica da carambola

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Share on linkedin
Share on telegram
Share on google

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Language »
Fonte
Contraste