Grupo de pesquisa da UFBA lança livro sobre ciberfeminismo

Publicado originalmente em Observatório da Comunicação Pública – OBCOMP. Para acessar, clique aqui.

Grupo de Pesquisa em Gênero, Tecnologias Digitais e Cultura da Universidade Federal da Bahia (Gig@/UFBA) lançou na última segunda-feira (8/3) o livro Ciberfeminismos 3.0, organizado pela coordenadora do grupo e professora da Faculdade de Comunicação da UFBA, Graciela Natanshon. A obra trata do uso e apropriação das tecnologias digitais por mulheres para a causa feminista.

A publicação reúne estudos de pesquisadoras e pesquisadores do Gig@ e também autoras convidadas que abordam temas como o ativismo das mulheres no ambiente digital e o uso de tecnologias de informação e comunicação por uma internet feminista e antirracista.

Ao justificar a importância do estudo de um ciberfeminismo 3.0, a organizadora destaca: “esta terceira geração de ciberfeministas emerge quando as condições de produção e circulação dos discursos acerca do feminismo mudam, interpeladas pelos movimentos antirracistas e ambientalistas”. Além disso, o livro debate a questão da violência digital de gênero; assim como a dataficação, algoritmização e plataformização das tecnologias e mídias digitais e seus impactos nos usos e apropriações por mulheres e pessoas LGBT+.

O livro “Ciberfeminismos 3.0” encontra-se disponível para download gratuito e pode ser acessado na página do Gig@/UFBA, onde também estão disponíveis para download os títulos “Internet e Feminismos” e “Internet em código feminino: teorias e práticas”.

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Share on linkedin
Share on telegram
Share on google

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Language »
Fonte
Contraste