Reverendo envolvido no escândalo da compra de vacinas pelo Ministério da Saúde tem perfil controverso – Parte 3

Publicado originalmente em Coletivo Bereia por Lázaro Campos e Viviane Castanheira. Para acessar, clique aqui.

Em depoimento à CPI da COVID, Amilton omite seu currículo acadêmico e admite ter contado mentiras para se promover

Convocado para depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19  o”reverendo” Amilton Gomes de Paula foi ouvido pelos senadores em 4 de agosto. O pastor, que teve seu perfil controverso verificado pelo Bereia, foi convocado à CPI por conta de seu envolvimento no escândalo de negociações para venda de vacinas pela empresa norte-americana Davati Medical Supply ao Ministério da Saúde. Ele é presidente da Secretaria Nacional de Assuntos Humanitários (SENAH) e atuou como intermediador entre o Governo Federal e a Davati.

Controvérsia sobre perfil religioso de Amilton

Desde que sua atuação no escândalo das vacinas veio à tona, a partir de reportagens da Agência Pública, Amilton Gomes vem sendo chamado de “Reverendo” e ligado à Igreja Batista. Essa é a forma como ele se apresenta publicamente, seja no LinkedIn, na plataforma Lattes ou na página oficial da SENAH (no momento de apuração dessa matéria, o currículo do religioso foi retirado do site da SENAH, a parte 1 dessa reportagem mostra como o pastor  era apresentado anteriormente).

Contudo, Bereia verificou na primeira parte de sua apuração sobre o religioso que o título de reverendo veio por meio da Ordem dos Cavaleiros de Sião e que a Convenção Batista Nacional (CBN) – mencionada nessas apresentações – desconhece a filiação de Amilton Gomes e sua igreja à instituição. 

A congregação que o presidente da SENAH  dirigia era a Igreja Batista Ministério Vida Nova (IBMVN) e a apuração do Bereia encontrou poucos registros da instituição. Vídeos de cultos e programas religiosos em uma rádio local ainda estão disponíveis no canal da SENAH no YouTube. Outro registro é de um site aparentemente desatualizado sobre a igreja.

Em sua fala inicial à CPI, Amilton Gomes contou mais detalhes de sua trajetória religiosa. Ele afirmou que a SENAH surgiu inicialmente como uma instituição de ensino superior, tendo como nome fantasia Faculdade Batista do Brasil, a mesma entidade da qual o “reverendo” afirmava ser reitor e a qual Bereia  se referiu na primeira parte desta matéria.

Sobre sua ordenação ao ministério pastoral, ele disse ser ordenado pela Convenção das Assembleias de Deus Ministério Madureira (CONAMAD). Bereia entrou em contato com a sede da CONAMAD em Brasília, mas até o fechamento desta matéria, não obteve resposta.

Apesar de se apresentar como psicólogo e policial no Currículo Lattes (conforme verificado por Bereia na parte 2 dessa reportagem), ele não citou tais títulos em seu pronunciamento inicial à CPI, omitindo também todos os títulos acadêmicos disponíveis em seu currículo.

Além disso, questionado pelo senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) se o título de Embaixador Pela Paz Mundial foi concedido por uma instituição ligada à igreja do Reverendo Moon, Amilton Gomes confirmou a informação. O senador mencionou alguns dos crimes pelos quais o religioso sul-coreano foi acusado (como evasão de divisas), mas o pastor disse desconhecer a informação. O Reverendo Moon foi um religioso norte-coreano que fundou a Igreja da Unificação. Além de criar uma denominação, ele também construiu um império empresarial e chegou a ser preso seis vezes – uma delas nos EUA por sonegação fiscal. Moon faleceu em 2012, aos 92 anos.

Já nos momentos finais do depoimento, o senador Izalci Lucas (PSDB-DF) perguntou sobre a denominação a qual a igreja de Amilton Gomes era filiada. Ele respondeu que hoje a Igreja Batista Ministério Nova Vida não existe mais e que atualmente é pregador itinerante. Além disso, afirmou que frequenta a Igreja Batista Ebenézer. De fato, existe uma Igreja Batista Ebenézer em Brasília, com filiais no Distrito Federal, que pertencente à Convenção Batista Nacional (CBN)

Inconsistências e choro por envolvimento nas negociações

Durante seu depoimento, Amilton Gomes admitiu que fez “bravatas” (palavra dele) em trocas de mensagens ao representante da Davati Luiz Paulo Dominguetti, ao dizer que teria tido reuniões com “quem manda” ou que “Michelle [Bolsonaro, primeira-dama do país] entrou no circuito”. O religioso também disse que receberia da empresa norte-americana uma doação caso conseguisse fechar o acordo com o Governo Federal. Por outro lado, ele negou conhecer pessoas do Ministério da Saúde, apesar de ter sido recebido para reunião com a pasta apenas quatro horas depois de ofertar as supostas vacinas – a farmacêutica Pfizer, por outro lado, só foi atendida após seis meses e o envio de mais de 100 e-mails ao Governo Federal.

Ao longo do depoimento, Amilton Gomes mudou sua versão a respeito da realização de propostas de vacinas a estados e municípios. A princípio, ele negou ter feito esse tipo de proposta. Mas com a revelação de e-mails que registram que essas ofertas existiram, o pastor voltou atrás e disse que a proposta partiu de um diretor da SENAH. Apuração de casos semelhantes feita pela Agência Pública relata a mesma versão por parte de Amilton Gomes (de responsabilização de um diretor chamado Renato Gabbi) e foi mencionada na Parte 1 dessa reportagem.

No tempo que lhe foi reservado , o senador Marcos Rogério (DEM-RO), também um pastor evangélico,  deu oportunidade para que Amilton Gomes se dissesse arrependido de ter se envolvido no escândalo da vacina. O depoente então chorou. Afirmou que se envolveu nas negociações durante um período de luta na sua família devido à pandemia, afirmou ter culpa e se arrepender de ter participado da suposta venda de vacinas.

Entidade da Flórida com nome de Bolsonaro

A Agência de notícias Sportlight publicou matéria em 04 de agosto afirmando que o nome do presidente Jair Bolsonaro está ligado a uma entidade com sede na Flórida, cujo parceiro também teria ligação com o “Reverendo” Amilton Gomes. 

De acordo com a matéria, Jair Bolsonaro aparece como presidente da “Missão Humanitária do Estado Maior das Forças Armadas” registrada em Miami, em30 de outubro de 2020. Junto com o Bolsonaro estão Hamilton Mourão (vice) e Roberto Cohen (secretário). 

O nome que faz o elo entre Amilton Gomes e Bolsonaro é Roberto Cohen, um dos diretores da “American Diplomatic Mission of International Relations” (ADMIR). Essa última entidade é parceira da SENAH e, de acordo como o Currículo Lattes do religioso, concedeu a ele  o título de Diplomata Humanitário e Sócio Honorário da entidade, em 2014. 

Reprodução: Plataforma Lattes

Consta como presidente de honra da ADMIR o ex-presidente dos EUA Donald Trump. Já Cohen, além de diretor, tem o título de Embaixador Humanitário da entidade. 

Reprodução: site ADMIR

Durante a oitiva de Amilton Gomes na CPI da Covid, ele foi questionado pelo senador Jean Paul Prates (PT/RN) sobre a ‘Missão Humanitária do Estado Maior das Forças Armadas’, mas disse não conhecer a entidade. 

Mais uma vez, Bereia entrou em contato com um dos advogados do “reverendo” Amilton Gomes, Daniel Sampaio. Ele afirmou que seu cliente não vai falar com a imprensa no momento.  

Referências

YouTube – TV Senado. https://www.youtube.com/watch?v=pT-YpP-bXpA Acesso em: [3 ago 2021].

Agência Pública. https://apublica.org/2021/07/grupo-evangelico-fez-oferta-paralela-de-vacinas-ao-ministerio-da-saude-e-prefeituras/. Acesso em: [1 jul 2021]

Linkedin, https://www.linkedin.com/in/reverendo-dr-amilton-gomes-de-paula-6b669876/?originalSubdomain=br – Acesso em: [9 ago 2021].

Currículo Lattes, http://lattes.cnpq.br/2732952000040059. Acesso em: [9 jul 2021].

SENAH (Youtube), https://www.youtube.com/watch?v=s6v8dcihrgM. Acesso em: [21 jul 2021].

SENAH (Youtube), https://www.youtube.com/watch?v=_N2_ZmTHuB8. Acesso em: [21 jul 2021].

Igreja Batista Ministério Nova Vida, https://amiltonpaula.wixsite.com/igreja-batista/contact. Acesso em: [21 jul 2021].

Revista Veja, https://veja.abril.com.br/mundo/o-fantastico-imperio-erguido-pelo-reverendo-moon/ Acesso em: [7 ago 2021].

Revista Veja,

https://veja.abril.com.br/mundo/reverendo-moon-morre-aos-92-anos-em-seul/ Acesso em: [7 ago 2021].

Google Maps, https://www.google.com/maps/search/igreja+batista+ebenezer+brasilia/@-15.889383,-48.2715155,10.75z Acesso em: [7 ago 2021].

Convenção Batista Nacional (CBN), https://www.membrosweb.com.br/SBN/form.jsp?sys=SBN&formID=464570337 Acesso em: [7 ago 2021].

CNN Brasil, https://www.cnnbrasil.com.br/politica/2021/08/03/e-mails-mostram-reverendo-e-sua-entidade-negociando-vacinas-com-municipios Acesso em: [7 ago 2021].

CNN Brasil, https://www.cnnbrasil.com.br/politica/2021/08/03/apos-reportagem-da-cnn-reverendo-diz-que-outras-pessoas-tinham-acesso-a-e-mails. Acesso em: [7 ago 2021].

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Share on linkedin
Share on telegram
Share on google

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Language »
Fonte
Contraste