Patologista canadense faz declarações falsas sobre Covid-19

Publicado originalmente em Coar Notícias por Marta Alencar. Para acessar, clique aqui.

Desde a pandemia, há registros de alguns médicos e cientistas extremistas que são contra as vacinas que combatem o vírus  Sars-CoV-2 (causador da Covid-19) ou que apenas a comparam uma simples gripe. Um deles é o patologista Roger Hodkinson, que se identifica como ex-presidente do Royal College of Physicians and Surgeons of Canada, e que fez diversos comentários falsos. Dentre eles, o mais conhecido é que ele considera a pandemia “a maior fraude já perpetrada” e a compara apenas uma gripe forte. No entanto, a COAR ressalta que vários especialistas médicos alertam que Covid-19 é mais mortal do que a gripe. E que o coronavírus é muito mais perigoso do que a gripe.

Ainda na mensagem compartilhada em grupos de WhatsApp e outras redes sociais pelo mundo, o patologista declara que o distanciamento social é inútil. Todavia, uma das medidas de contenção da pandemia é justamente o isolamento social. Isso corresponde a uma medida em que o paciente doente é isolado de indivíduos não doentes com a finalidade de evitar a disseminação da doença.

Vale lembrar que a Organização Mundial de Saúde já notificou que a pandemia matou mais de um milhão e meio de pessoas no mundo. E por isso recomenda que as pessoas continuem com o distanciamento social, a utilização de máscaras e as medidas de saúde sanitárias.

Convém acrescentar que em 20 de novembro, o Royal College of Physicians and Surgeons of Canada esclareceu que, embora Hodkinson fosse certificado como patologista geral em 1976, ele nunca foi presidente.

Referências da COAR:

Royal College of Physicians

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Share on linkedin
Share on telegram
Share on google

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Language »
Fonte
Contraste