Mídias e líderes religiosos repercutem reportagem sobre supostas ligações do Foro de São Paulo com narcotráfico

Publicado originalmente em Coletivo Bereia por Marcos André Lessa. Para acessar, clique aqui.

Uma reportagem do Jornal da Record de sábado (9 de outubro) circulou nas mídias religiosas nessa semana: “Jornalista espanhola afirma que grupo fundado por Lula tem estrutura criminosa”, trazendo depoimento da jornalista Cristina Segui. Ela afirmou que o narcotráfico patrocinou partidos de esquerda na América Latina, por meio do Foro de São Paulo. Também associou a organização de ligações com tráfico humano e lavagem de dinheiro, e que os ex-presidentes Lula e Dilma teriam sido contemplados com recursos financeiros dessa origem.

Ao não ouvir a versão dos acusados, a reportagem não apresenta o outro lado da questão, como é parte do princípio do jornalismo comprometido com a informação. O público recebeu e compartilhou apenas uma perspectiva do caso. Ainda que o jornalismo da Record tivesse o acesso às notas com desmentidos do PT e do Foro de São Paulo,  o outro lado foi registrado apenas no domingo como parte da programação da revista Domingo Espetacular. A esta altura o conteúdo sem o contraponto já estava viralizado. Franklin Ferreira e Pleno News repercutiram, juntamente com outras mídias de extrema-direita propagadoras de desinformação como Terça Livre, Gazeta Brasil e Jornal da Cidade.

Imagem: reprodução do Facebook

O jornalista Mauricio Stycer, do UOL, ouviu a emissora sobre o porquê do não registro da perspectiva do outro lado. A Record afirmou que não divulgou a resposta de Lula por considerar que a nota foi genérica, sem fazer referência às acusações. No entanto, a inseriu na versão do Domingo Espetacular. Vale ressaltar que as mídias tradicionalmente identificadas como de esquerda deram o outro lado, como Brasil de Fato e Revista Forum.

A jornalista espanhola

A jornalista Cristina Segui levanta as acusações que correlacionam Lula, Dilma, PT e o Foro de São Paulo, também citando nominalmente Fidel Castro e a Venezuela, aos crimes acima mencionados. Segui não apresenta documentações que comprovem o que fala e apenas cita fontes no serviço secreto espanhol. O ex-funcionário do governo venezuelano – que é apontado pela jornalista como elo entre o crime organizado e os partidos de esquerda – foi preso sob acusação de narcotráfico para os Estados Unidos. Porém, não há menção de relação com a política de outros países latinoamericanos.    

A reportagem da Record não explica quem é Segui, mas Bereia apurou que ela é uma das fundadoras do Vox, partido de extrema-direita espanhola. E é considerada uma influenciadora digital desse espectro ideológico, identificada como disseminadora de fake news pela Europa.

Foro de São Paulo e mentiras “requentadas”

Criado em 1990, o Foro de São Paulo começou como um seminário para reunir partidos de esquerda na América Latina, a fim de debater perspectivas políticas para o continente. Segundo a nota oficial, “O Foro de São Paulo reúne partidos e movimentos políticos de 27 países da América Latina e Caribe, que defendem a transformação pacífica da região em uma sociedade mais justa para os povos e nações de nosso continente”Análise de pensadores de correntes ideológicas diversas aponta que o Foro nunca alcançou a plenitude de seus objetivos. A iniciativa era desconhecida do público em geral até a expansão da extrema-direita no Brasil, a partir de 2014, quando acabou sendo utilizada como pretexto motivador do pânico e das desinformações de viés ideológico contra o Partido dos Trabalhadores e as esquerdas.

Outras desinformações já foram levantadas sobre o Foro de São Paulo, sendo recorrentes em períodos eleitorais recentes e até mesmo em meio à pandemia da Covid-19

O Coordenador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Democracia Digital e professor da Universidade Federal da Bahia, Wilson Gomes, é autor do livro “Crônica de uma Tragédia Anunciada: Como a Extrema-Direita Chegou ao Poder”. Repassando os anos dos governos petistas, considerando também os episódios de corrupção e as frustrações do eleitorado, Gomes aponta que o antipetismo que surgiu como traço político recente “não é uma simples rejeição ao PT. É uma espécie de moralismo dogmático, no qual não há espaço para argumentos, mas tão somente para pontos de vista prévios. Para o antipetista, o PT não é um adversário: ele encarna uma espécie de mal que deve ser extirpado”. 

Gomes complementa que além do antipetismo, o lavajatismo e as pautas de costumes, além dos erros do PT, foram a força eleitoral da extrema-direita em 2018. Mas que “o antipetismo foi a principal amálgama entre diferentes grupos que se opunham aos governos petistas, consolidando-se como uma força política”. Não à toa, estão reaparecendo desinformações dessa temática quando os contornos do que será a disputa de 2022 começam a se definir.

***

Bereia conclui que a reportagem do Jornal da Record compartilhada por lideranças e sites religiosos é imprecisa, ao não oferecer dados substanciais ou comprováveis, não considerar diferentes perspectivas e não contextualizar a situação em questão. isto pode levar o público a julgamentos errôneos sobre determinados casos, pessoas, grupos,instituições/organizações/associações/movimentos sociais. Representa desinformação e necessita de complementações e contextualização pois não pode ser tomado como verdade.

***

Referências:

UOL. https://noticias.uol.com.br/colunas/mauricio-stycer/2021/10/10/espanhola-acusa-lula-e-pt-de-elo-com-trafico-e-record-nao-divulga-resposta.htm. Acesso em: 13 out 2021.

Brasil de Fato. https://www.brasildefato.com.br/2021/10/11/sem-mostrar-provas-record-usa-tese-de-ex-aeromoca-de-extrema-direita-para-atacar-lula-e-dilma. Acesso em: 13 out 2021.

Revista Fórum. https://revistaforum.com.br/politica/farc-e-narcotrafico-bolsonaristas-importam-fake-news-contra-o-pt-da-espanha/. Acesso em: 13 out 2021.

Último segundo. https://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2021-09-13/hugo-carvajal-preso.html. Acesso em: 13 out 2021.

ABC. https://www.abc.es/espana/comunidad-valenciana/abci-cristina-segui-musa-platos-201812060909_noticia.html. Acesso em: 13 out 2021.

Visão. https://visao.sapo.pt/atualidade/politica/2021-10-08-cristina-segui-quem-e-a-influencer-da-ultradireita-espanhola-que-virou-a-mira-das-teorias-conspirativas-para-portugal/. Acesso em: 13 out 2021.

Partido dos Trabalhadores. https://www.pt.org.br/foro-de-sao-paulo-nota-de-esclarecimento-sobre-reportagem-da-record/. Acesso em: 13 out 2021.

BBC Brasil. https://www.bbc.com/portuguese/brasil-49093277. Acesso em: 13 out 2021.

Agência Lupa. https://piaui.folha.uol.com.br/lupa/2019/12/11/verifica-t1-ep16-foro-sp-moro/ . Acesso em: 13 out 2021.

Folha de São Paulo. https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/08/em-programa-de-governo-bolsonaro-liga-foro-de-sp-a-violencia-no-brasil.shtml. Acesso em: 13 out 2021.

O Estado de São Paulo. https://politica.estadao.com.br/blogs/estadao-verifica/audio-no-whatsapp-inventa-conspiracao-do-foro-de-sao-paulo-para-desestabilizacao-politica-em-meio-a-pandemia/. Acesso em: 13 out 2021.

Folha de São Paulo. https://www1.folha.uol.com.br/poder/2020/12/livro-explica-genese-do-antipetismo-e-avanco-da-direita-radical-no-brasil.shtml. Acesso em: 13 out 2021.

***

Imagem de capa: reprodução do Jornal da Record

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Share on linkedin
Share on telegram
Share on google

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Language »
Fonte
Contraste