Maior área de preservação da Caatinga é devastada por incêndios florestais

Publicado originalmente em ANDA News por Mariana Dandara. Para acessar, clique aqui.

O fogo se iniciou em uma área que já foi queimada há alguns anos, mas as chamas alcançaram a mata virgem da região

O Parque Nacional da Serra das Confusões, no Piauí, considerado a maior área de preservação da Caatinga do mundo, tem sido alvo de incêndios florestais. São 1,02 milhão de hectares e diversas espécies de animais sob ameaça.

Fundado em 1998, o parque passa pelos municípios de Jurema, Tamboril do Piauí, Canto do Buriti, Alvorada do Gurguéia, Cristino Castro, Bom Jesus e Guaribas. Anualmente, 44 brigadistas são contratados para proteger a reserva durante a estiagem, quando incêndios são mais frequentes.

De acordo com o diretor do parque, José Milton, a instituição conta ainda com o apoio de brigadistas voluntários e membros do Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo) do Ibama e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

“Os focos continuam queimando a vegetação. O incêndio começou no dia 31 de agosto nas proximidades e no dia 9 de setembro atingiu a Serra das Confusões, na cidade de Tamboril do Piauí. Depois o fogo avançou para Canto do Buriti, a 150 km da Sede Administração do Parque, que fica em Caracol”, explicou o diretor ao G1.

E embora o fogo tenha iniciado em uma área que já foi queimada há alguns anos, as chamas alcançaram a mata virgem da região. “É uma área de difícil acesso e devido à desatualização no combate a incêndios, quando nossa equipe consegue conter o fogo, a destruição já foi muito grande”, lamentou.

Chefe de operações do Corpo de Bombeiros do Piauí, o coronel João Costa explicou que o incêndio está concentrado na parte superior do parque, o que foi constatado por uma equipe que sobrevoou a região a bordo do helicóptero da Polícia Militar.

“Não podemos utilizar o avião próprio para o combate a incêndios, porque seria 60 km e a mesma distância de volta, ou seja, uma operação muito longa. Assim que concluirmos o serviço em São Raimundo Nonato, vamos deslocar equipes para a Serra das Confusões”, disse.

A aeronave em questão foi cedida pelo humorista Whindersson Nunes. Nascido no Piauí, o artista se comoveu com a situação vivida pelo estado e decidiu colaborar enviando o avião para combater incêndios no Parque Nacional da Serra da Capivara e na zona urbana de São Raimundo Nonato, no Sul do Piauí.

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Share on linkedin
Share on telegram
Share on google

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Language »
Fonte
Contraste