Desinformação: ameaça ao direito à comunicação muito além das fake news

Publicado originalmente em Coletivo Intervozes. Para acessar, clique aqui.

A expressão “fake news” (notícia falsa) se popularizou mundialmente e se tornou comum nas conversas cotidianas, em casa, no trabalho, no bar, na escola etc. A preocupação com seu impacto na política e na vida social tem mobilizado esforços no Brasil, na Colômbia, nos EUA, na Índia, na França, na Nigéria e em diversos países. Entretanto, essas duas palavras lidam mal com a complexidade de um problema maior que o simples julgamento sobre a verdade ou a falsidade de um conteúdo.

Sabendo disso, o Intervozes, que tem acompanhado a questão em uma perspectiva de defesa do direito à comunicação, produziu esta publicação para compartilhar alguns debates sobre o que consideramos ser a chave da questão: a desinformação.

Clique aqui para baixar o arquivo.

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Share on linkedin
Share on telegram
Share on google

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Language »
Fonte
Contraste