Change.org e ANDA unidas!

Publicado originalmente em Change.org. Para acessar, clique aqui.

Organizações firmam parceria para reforçar luta em defesa dos animais

A sobrevivência do planeta depende da construção de uma sociedade que preze pelo convívio entre as diferentes espécies. Partindo deste princípio, a organização Change.org, maior plataforma de petições e webativismo do mundo, e a Agência de Notícias de Direitos Animais (ANDA), principal e maior veículo de jornalismo animalista da América Latina e primeiro do mundo a atuar pela defesa dos animais, firmam uma parceria a fim de intensificar a luta pela causa.

A parceria vai possibilitar a construção de campanhas em prol dos direitos dos animais. Abaixo-assinados dentro desta temática deverão ser lançados pela ANDA, na plataforma Change.org, com o objetivo de engajar a sociedade em torno de demandas urgentes na causa. O segmento animalista é um dos que mais mobilizam os usuários da plataforma no país.

“Sem dúvidas, ao somarmos esforços com a ANDA, que é referência no jornalismo animalista e grande responsável pela evolução do movimento em defesa dos animais no nosso país, conseguiremos ir ainda mais longe nessa causa e lutar pelo bem dos animais”, ressalta Monica Souza, diretora-executiva da Change.org no Brasil, sobre a parceria firmada.

No ano passado, a plataforma lançou um movimento contra os maus-tratos aos animais, reunindo em uma única página na internet mais de 160 petições sobre o tema e 18,5 milhões de apoiadores. “A ANDA já entrou como nossa apoiadora nesse movimento”, revela Monica. “Essa página dá ainda mais visibilidade ao grande volume de petições que recebemos frequentemente em defesa dos animais e mostra o peso e a importância da causa”.

A presidente da ANDA, a jornalista Silvana Andrade, reforça a importância da parceria. “Unir-se à maior plataforma de petições do mundo amplifica a nossa luta e a voz dos animais. A Change tem realizado um trabalho de extrema relevância para a causa animal e ambiental. O alcance e a mobilização da plataforma têm proporcionado conquistas fundamentais para o reconhecimento e a garantia dos direitos animais e da natureza. Esperamos contribuir ainda mais para trazer visibilidade para casos que precisam de envolvimento político e social”, afirma.

A parceria entre as duas organizações também favorecerá a divulgação de novos conteúdos informativos sobre a temática. Mais matérias serão produzidas e divulgadas pela ANDA para levar ao conhecimento dos amantes e protetores dos seres não humanos diversas histórias de lutas e mobilizações que surgem Brasil afora em defesa dos direitos dos animais.

Movimento engaja milhões

Página reúne mais de 160 abaixo-assinados sobre o tema (Foto: Divulgação/Change.org)

Segundo a diretora-executiva da Change.org, algumas campanhas pela proteção dos animais chegam a ultrapassar a marca de 2 milhões de assinaturas na plataforma, como é o caso do abaixo-assinado contra o Festival Yulin de Carne de Cachorro, que acontece anualmente na China. “Com ajuda deste tamanho engajamento que proporcionamos, algumas causas conseguem fazer mais pressão nas autoridades e alcançar importantes vitórias”, afirma.

Em 2019, um abaixo-assinado que pedia justiça ao cãozinho Manchinha, agredido até a morte por seguranças de um hipermercado, recebeu 2,1 milhões de assinaturas e foi entregue ao Ministério Público. O órgão fechou acordo com o hipermercado para que ele destinasse R$ 1 milhão a um fundo voltado para a causa animal. Já no ano passado, outra campanha reuniu mais de meio milhão de pessoas pressionando pela aprovação da nova lei de maus-tratos.

“Os exemplos de vitórias são muitos”, comenta Monica. “A elefanta Bambi, por exemplo, foi transferida de um zoológico no interior de São Paulo e levada a um santuário, com o apoio de uma campanha que coletou mais de 230 mil assinaturas. Também no ano passado, o prefeito de São Paulo sancionou uma lei proibindo a abertura de novos zoológicos e aquários. Uma petição, com mais de 160 mil assinaturas, havia sido protocolada no gabinete dele”.

Quem é a ANDA

A ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais – é uma organização sem fins lucrativos. A primeira no mundo em seu segmento e a de maior audiência na América Latina. A ONG existe para defender os animais e o planeta com a força de um veículo de mídia comprometido com a ética, o profissionalismo e a seriedade. Sob a perspectiva dos direitos animais e da proteção ambiental, produz conteúdo relevante, preciso e qualificado que convida à reflexão, à interação e à uma atitude de transformação, individual e coletiva, para a construção de uma nova sociedade: mais inclusiva, solidária, ética e pacífica em seu convívio entre as espécies.

De forma única e inédita, A ANDA faz jornalismo de ação, agindo também no foco da notícia, combatendo injustiças e crueldades com ações nos tribunais, operações de resgate e eventos sociais e culturais. A ONG elabora também projetos educacionais, propostas legislativas e iniciativas de proteção ambiental.

Acesse: https://www.anda.jor.br/ – Facebook – Twitter – Instagram

Quem é a Change.org

A Change.org é a maior plataforma de abaixo-assinados e webativismo do mundo. Com mais de 400 milhões de usuários em 196 países, contabiliza uma vitória por hora em petições online no planeta. A organização chegou ao Brasil em 2012 e possui cerca de 34 milhões de usuários no país. Ao longo de sua trajetória no Brasil, acumula mais de 900 histórias com finais felizes, provando que a união de vozes e o webativismo são capazes de impactar vidas.


Nós, da Change.org, acreditamos que políticos e empresários ricos não deveriam decidir tudo sozinhos. É por isso que nossa plataforma existe: para que todas as pessoas participem, lutem e sejam ouvidas por meio de abaixo-assinados! 

Somos independentes. Todo o impacto que geramos é por meio das contribuições de uma linda rede de solidariedade que cria petições, assina, doa e se mobiliza por um mundo melhor. Ajude-nos a continuar existindo. Doe!

DOE HOJE!

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on email
Share on linkedin
Share on telegram
Share on google

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Language »
Fonte
Contraste